LIVRE - Eleições Europeias


#1

Tendo em conta a actual conjectura política em Portugal - maioria parlamentar de esquerda, governo PS - e a dificuldade que novos partidos têm em vingar em Portugal, qual é a estratégia do LIVRE para se destacar dos restantes partidos de esquerda?

Reconhecendo a importância de ser europeísta e ao mesmo tempo criticar o défice democrático da UE, qual a melhor forma de fazer passar a mensagem de forma credível por forma a conseguir eleger alguém para o Parlamento Europeu nas próximas eleições europeias?

Penso que a inexistência de um verdadeiro partido “verde” em Portugal pode ser uma plataforma na qual o LIVRE podia apostar para se fazer vingar, baseando-se no Green New Deal proposto no programa da Primavera Europeia.

Eu não sou membro do LIVRE, mas gostaria de saber qual a opinião daqueles que estão envolvidos no partido!


#2

Basta criar meia dúzia de temas que nos distinguem da direita (e seus disfarces, récuperation, falácias …)
Então, votar-se-à em qq partido das esquerdas cujo primeiro designio seja respeitar esses temas, nem que seja provisóriamente, até uma reflexão mais aprofundada que permita filtrá-los no seio do PODER

Henrique


#3

Segue aqui o link para a página do LIVRE referente à campanha para as eleições para o Parlamento Europeu: partidolivre.pt/fazatuaeuropa

Podes dar uma vista de olhos ao programa aprovado no último congresso e encontrarás muitos elementos do Green New Deal. Se te quiseres envolver ainda mais, candidata-te às eleições primárias do LIVRE! Até ao dia 17 de Fevereiro.

Abraço.